Rap Internacional

Notícia equivocada sobre a morte de Bushwick Bill, lendário rapper do Geto Boys, é divulgada pela mídia


* ATUALIZAÇÃO 2: a morte de Bushwick veio a ser confirmada oficialmente por um representante dele, podendo você obter mais detalhes sobre o assunto clicando aqui.

* ATUALIZAÇÃO:
diversos respeitados grandes veículos de mídia como a Complex, XXL, Billboard, Genius, entre outros, divulgaram nessa tarde (9) um reporte equívoco sobre a morte do Bushwick Bill, o qual recentemente foi hospitalizado com pneumonia, e está batalhando contra um câncer em estágio 4. Além disso, figuras de magnitude do meio hip-hop que possuem histórico de amizade com ele como Bun B, Juicy J, entre outros divulgaram mensagens de luto, então diante de todas essas informações, inevitavelmente reproduzimos o que nos foi repassado, mas felizmente, o filho do 1/3 do Geto Boys apareceu em redes sociais para desmentir notícias de que seu pai está morto, podendo você ter mais detalhes sobre isso clicando aqui.

Enquanto a cena hip-hop se resumia apenas a Nova York e Califórnia, o Geto Boys chegou mostrando muito talento e autenticidade, colocando não apenas o Texas, como a região sul dos Estados Unidos no mapa da cultura. Formado por Scarface, Bushwick Bill e Willie D, o grupo trouxe grandes clássicos para as ruas, inspirando e abrindo caminho para uma grande leva de artistas, consequentemente se consagrando como um dos maiores da história do movimento.

1/3 do Geto Boys, Bushwick Bill preocupou fãs ao ser diagnosticado com câncer de pâncreas em estágio 4 em fevereiro, entrando em tratamento de quimioterapia intensa no mês passado. Vivendo quadro de saúde delicado, sendo recentemente hospitalizado com pneumonia, hoje (9) esse grande ícone do movimento veio a morrer aos 52 anos de idade por complicações do seu estado, relatam múltiplas fontes.

Diversos rappers como Bun B, Juicy J, entre outros estão divulgando mensagens de luto em respeito ao Bushwick.

Ainda em 1991, ele foi baleado no olho após discussão com namorada enquanto estava sob a influência de PCP e álcool, situação onde relatou ter morrido e voltado à vida, sendo fotografado com seus aliados de grupo em hospital, dando origem à capa do clássico álbum We Can’t Be Stopped. Realizando uma incrível contribuição no movimento hip-hop que jamais será esquecida, o artista, que nasceu com nanismo, já foi mencionado em incontáveis músicas de rap, sendo muito citado até os dias de hoje.

Descanse em paz Bushwick Bill.

Comentários:

Instagram

Sabia que estamos no Instagram?

Não perca nenhuma novidade do Rap 24 Horas. Siga-nos clicando no botão abaixo!

Seguir! * CONTEÚDOS EXCLUSIVOS!